Foto: Conmebol Sudamericana / Divulgação / CP


A final aconteceria no Brasil e segundo a Conmebol, a troca levou em consideração o final de semana eleitoral no país.


A CONMEBOL confirmou que a final da Copa Sul-Americana 2022 terá uma nova sede. Antes marcada para o estádio Mané Garrincha, em Brasília, a decisão da competição acontecerá no dia 1 de outubro no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina.

Essa será a segunda vez que o local recebe a final. Em 2020, Defensa y Justicia e Lanús lutaram pelo título no mesmo local, sem público devido à pandemia da Covid-19. A troca levou em consideração o final de semana eleitoral no Brasil.

A mudança interessa ao Inter, que segue vivo na busca do bicampeonato. O Colorado terá pela frente o Colo-Colo, na próxima terça-feira, às 21h30min, no Chile, pelo jogo de ida das oitavas de final.

A direção encara a Sul-Americana como o título mais viável do ano em comparação ao Brasileirão. Pela classificação às oitavas de final, o Inter recebeu cerca de R$ 6,4 milhões, sendo R$ 2,3 milhões pela vaga e o restante pelos três jogos como mandante que disputou. Uma classificação às quartas de final renderia mais R$ 2,8 milhões, uma vaga na semifinal daria mais R$ 3,8 milhões, o vice-campeonato, mais 9,5 milhões, e um eventual título, R$ 24 milhões, sem contar as bilheterias.


CP
por CP
24/06/2022 08:09