Quantidade de participantes pode ser menor ainda porque os candidatos têm até o dia 19 de julho para pagar a taxa de inscrição.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem 4 milhões (4.004.764) de candidatos inscritos. A informação foi divulgada na nesta quinta-feira (15) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), responsável pela aplicação do exame. É o menor número de inscritos desde 2009, época da reformulação do exame.

Número final de participantes da edição depende da confirmação de pagamento da taxa de R$ 85 que deve ser realizado até o dia 19 de julho, o que significa que ainda pode cair mais.

Em 2020, o Inep registrou 5,8 milhões de inscrições para o exame, no entanto, a última edição teve recorde de abstenções devido a pandemia de covid-19. O índice de abstenção foi de 72,2% no primeiro dia de provas e de 72,6% no segundo.

Neste ano, as versões impressa e digital serão aplicadas na mesma data, nos dias 21 e 28 de novembro, e terão as mesmas questões. O Inep encerrou o período de inscrições às 23h59 da última quarta-feira (14) e foram registrados 3.903.664 inscritos para a versão impressa. Já a versão digital teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas.

O Enem Digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está concluindo essa etapa em 2021. Os treineiros devem fazer a versão impressa.

O que é o Enem?

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a principal porta de entrada para as universidades do país. A proposta das provas é avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica.

A nota do Enem é pode ser utilizada no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e em programas do governo como o Prouni (Programa Universidade para Todos) e Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).




Rádio Guaiba
por Rádio Guaiba
15/07/2021 13:43