O uso da tecnologia foi um pedido de Inter e Grêmio, que irão pagar pela contratação dos profissionais e pela instalação do equipamento.

Inicialmente, a ideia era ter o árbitro de vídeo apenas na decisão do título do Estadual. Porém, dada a importância do clássico deste sábado (15), que definirá um dos finalistas do primeiro turno do Gauchão, ficou decidido que o Gre-Nal 423 terá VAR.

O uso da tecnologia foi um pedido de Inter e Grêmio, que irão pagar pela contratação dos profissionais e pela instalação do equipamento. O valor total fica na casa dos R$ 30 mil, sem considerar o custo da arbitragem de campo. Os rivais de Porto Alegre se enfrentam às 16h30min deste sábado, no Beira-Rio.

A outra semifinal, entre Caxias e Ypiranga, agendada para as 16h de domingo, não terá a presença do VAR. Embora o Estádio Centenário, em Caxias do Sul, esteja homologado junto à CBF atestando que pode receber a equipe de arbitragem, os clubes envolvidos preferiram não custear a ferramenta por considerar o valor muito alto.



gzh
por gzh
11/02/2020 18:42